Logomarca Grupo de Estudo do Joelho de Campinas

Meniscos

Publicado em: 20/06/2016

São estruturas internas do joelho, localizadas entre o fêmur e a tíbia. Têm composição fibrocartilaginosa, de conformação em forma de C, e de formato triangular, com sua periferia aderida à cápsula articular e aos ligamentos periféricos do joelho. Os meniscos têm como função proteger a cartilagem, ajudar na congruência, na estabilidade e na irrigação articular. 

 

São sede de lesões que podem fissurar, torcer ou deslocá-los de sua posição. A perda de parte do meniscos pode não afetar o funcionamento articular, mas uma lesão importante pode levar a um aumento da degeneração articular, proporcionando o advento de uma artrose de maneira precoce. A origem da lesão pode variar de movimentos corriqueiros do joelho seguidos de dor, como também quedas, entorses, traumas em casa, ou durante atividades esportivas. 
 
A história clínica da sua lesão é acompanhada de dor na interlinha articular, derrame sinovial, crepitação localizada e algumas vezes de bloqueio doloroso da articulação. É interessante salientar que uma pessoa pode conviver com uma lesão meniscal por muito tempo até o momento em que sua sintomatologia é exacerbada por um novo fenômeno traumático que altera ou impede o correto funcionamento articular, causando dor insuportável ao paciente.
 
 
O método de escolha de tratamento das lesões meniscais é a artroscopia. Com esta técnica, o cirurgião consegue remover ou reparar lesões da superfície meniscal das mais variadas formas.


 


Veja Mais

15º Curso de Cirurgia do Joelho de Campinas é um sucesso

Leia Mais Veja outras edições

Assista ao Making off do Curso