Logomarca Grupo de Estudo do Joelho de Campinas

Osteocondrite Dissecante

Publicado em: 20/06/2016

É uma lesão rara, que pode provocar sintomas precoces (criança ou adolescente) ou tardios (adulto).

Nesta lesão ocorre a separação de um fragmento contendo cartilagem e osso; que pode estar totalmente solto ou não.


O quadro clínico é vago e arrastado, podendo cursar com derrame articular, travamento e dor. O diagnóstico pode ser feito através da radiografia simples, tomografia computadorizada ou ressonância magnética. A lesão ocorre mais comumente no côndilo medial do fêmur.

O tratamento é personalizado e leva em conta a idade do paciente, a localização da lesão e o tipo de lesão, e pode ser conservador ou cirúrgico, dependendo da idade do paciente, da demanda funcional, e das queixas e lesões associadas. Entre as cirurgias possíveis, destacamos: retirada do fragmento e fixação com parafusos ou pinos, que podem ser até absorvíveis.


Dr. Wander Edney de Brito.

Dr. Wilson Mello A. Jr.


Veja Mais

15º Curso de Cirurgia do Joelho de Campinas é um sucesso

Leia Mais Veja outras edições

Assista ao Making off do Curso