Logomarca Grupo de Estudo do Joelho de Campinas

Síndromes Femoropatelares

Publicado em: 20/06/2016

As síndromes femoropatelares são as doenças que acometem a articulação entre o fêmur e a patela. É a patologia de joelho mais comum em pacientes adolescentes e jovens adultos. A condromalácia é o “amolecimento” da cartilagem patelar provocado pelo desequilíbrio articular que ocorre nesta doença.

 

Durante o movimento do joelho, a patela corre em uma caneleta natural, a tróclea. Existem fatores que mantêm este encaixe em funcionamento perfeito. Alterações neste mecanismo podem variar de uma leve tendência ao deslocamento (provoca somente dor na face anterior do joelho) ou luxação da patela (patela sai, além disso, pode haver variação em intensidade e frequência dos episódios).

 

Entre os fatores predisponentes temos: patela alta, lateralização excessiva da patela (chamado TA-GT excessivo), displasia do quadríceps (músculo anterior da coxa formado por 4 grupos musculares, neste caso principalmente o músculo vasto medial oblíquo), anteversão femoral (alteração no quadril), valgo excessivo do joelho, rotação externa e recurvatum do joelho.

O diagnóstico é clínico na maioria dos casos. Exames subsidiários como radiografias simples, tomografia computadorizada, ressonância magnética e artroscopia podem ajudar.

O tratamento, na maioria dos casos, se inicia conservadoramente. Realiza-se fisioterapia com fortalecimento dos músculos da coxa, com reforço do quadríceps e equilíbrio com a musculatura posterior. Os pacientes melhoram em mais de 90% dos casos com apenas este tratamento. O tratamento cirúrgico está reservado aos casos que não apresentam melhora com o tratamento conservador. Consiste em corrigir os fatores que levam à instabilidade (atuando tanto em ossos quanto em tendões e músculos). Cada caso tem seu tratamento personalizado em função de suas alterações anatômicas. As complicações possíveis do tratamento cirúrgico são limitação da mobilidade do joelho, distrofia reflexa (dor por disfunção neurológica) e recidiva da luxação.

 

Dr. Wander Edney de Brito.

Dr. Wilson Mello A. Jr.


Veja Mais

15º Curso de Cirurgia do Joelho de Campinas é um sucesso

Leia Mais Veja outras edições

Assista ao Making off do Curso